Segunda-feira, 17 de junho de 2024

Unidades do Senai-RS se mobilizam em apoio aos atingidos pelas enchentes

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-RS) realiza por meio de suas unidades espalhadas pelo Rio Grande do Sul – algumas delas também atingidas e prejudicadas pelas chuvas –, ações de apoio aos flagelados gaúchos. São ações como consertos de eletrônicos e eletrodomésticos, reforçando ainda a ajuda na fabricação e recuperação de móveis, bem como na organização e limpeza de residências agora que as águas começam a baixar. Ao mesmo tempo, algumas das unidades do Senai-RS, em regiões menos atingidas, começam gradativamente a retornar às aulas presenciais.

Entre as iniciativas, em parceria com o Sindicato das Indústrias do Vestuário do Rio Grande do Sul (Sivergs), o Senai está oferecendo reparo de máquinas de costura de micro e pequenas empresas que foram atingidas pelas enchentes, na rua Napoleão Laureano, 11, em Canoas. A equipe do Senai de Novo Hamburgo, por exemplo, está confeccionando calçados, enquanto o Senai Caxias do Sul está fazendo roupas e edredons e o Senai Bento Gonçalves faz travesseiros e rodos. As unidades estão envolvidas ainda com a limpeza e doações de itens solicitados, além de doação de sangue aos hemocentros das cidades.

O Senai-RS também lançou a plataforma SouRS.org.br que reúne informações sobre as enchentes enfrentadas por Porto Alegre e região metropolitana, com abrigos (endereço, disponibilidade, se aceita animais), necessidades (o que está sendo organizado e em que locais podem ser entregues), cadastro de desaparecidos e abrigados. O Senai-RS colocou ainda seus profissionais para trabalharem junto às unidades do Serviço Social da Indústria (Sesi-RS) no acolhimento a desabrigados.

RETORNO ÀS ATIVIDADES 

Enquanto segue no trabalho de apoio aos desabrigados, o Senai-RS começa gradativamente a retomar as atividades presenciais em unidades do interior do Estado. Nesta quinta-feira (16), o retorno programado é da unidade de Bom Princípio e Feliz, juntando-se às demais já em atividades: Agudo, Antônio Prado, Bagé, Bento Gonçalves, Bom Princípio (Madesa), Carazinho, Caxias do Sul, Charqueadas, Erechim, Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Guaporé, Horizontina, Ibirubá, Lagoa Vermelha, Marau, Não-Me-Toque, Nova Hartz, Nova Petrópolis, Nova Prata, Osório, Panambi, Parobé, Passo Fundo, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Santa Rosa, São Marcos, Sapiranga, Sarandi, Serafina Corrêa, Tapejara, Teutônia, Trindade do Sul, Tupandi, Vacaria, Venâncio Aires e Veranópolis.

Os estudantes que enfrentam algum tipo de dificuldade para retornarem às atividades podem buscar apoio da coordenação pedagógica nas escolas.
Para mais informações, entre em contato pelas Redes Sociais do Senai-RS ou pelo WhatsApp (51) 991448356.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Sem categoria

Unidades do Senai-RS se mobilizam em apoio aos atingidos pelas enchentes

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-RS) realiza por meio de suas unidades espalhadas pelo Rio Grande do Sul – algumas delas também atingidas e prejudicadas pelas chuvas –, ações de apoio aos flagelados gaúchos. São ações como consertos de eletrônicos e eletrodomésticos, reforçando ainda a ajuda na fabricação e recuperação de móveis, bem como na organização e limpeza de residências agora que as águas começam a baixar. Ao mesmo tempo, algumas das unidades do Senai-RS, em regiões menos atingidas, começam gradativamente a retornar às aulas presenciais.

Entre as iniciativas, em parceria com o Sindicato das Indústrias do Vestuário do Rio Grande do Sul (Sivergs), o Senai está oferecendo reparo de máquinas de costura de micro e pequenas empresas que foram atingidas pelas enchentes, na rua Napoleão Laureano, 11, em Canoas. A equipe do Senai de Novo Hamburgo, por exemplo, está confeccionando calçados, enquanto o Senai Caxias do Sul está fazendo roupas e edredons e o Senai Bento Gonçalves faz travesseiros e rodos. As unidades estão envolvidas ainda com a limpeza e doações de itens solicitados, além de doação de sangue aos hemocentros das cidades.

O Senai-RS também lançou a plataforma SouRS.org.br que reúne informações sobre as enchentes enfrentadas por Porto Alegre e região metropolitana, com abrigos (endereço, disponibilidade, se aceita animais), necessidades (o que está sendo organizado e em que locais podem ser entregues), cadastro de desaparecidos e abrigados. O Senai-RS colocou ainda seus profissionais para trabalharem junto às unidades do Serviço Social da Indústria (Sesi-RS) no acolhimento a desabrigados.

RETORNO ÀS ATIVIDADES 

Enquanto segue no trabalho de apoio aos desabrigados, o Senai-RS começa gradativamente a retomar as atividades presenciais em unidades do interior do Estado. Nesta quinta-feira (16), o retorno programado é da unidade de Bom Princípio e Feliz, juntando-se às demais já em atividades: Agudo, Antônio Prado, Bagé, Bento Gonçalves, Bom Princípio (Madesa), Carazinho, Caxias do Sul, Charqueadas, Erechim, Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Guaporé, Horizontina, Ibirubá, Lagoa Vermelha, Marau, Não-Me-Toque, Nova Hartz, Nova Petrópolis, Nova Prata, Osório, Panambi, Parobé, Passo Fundo, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Santa Rosa, São Marcos, Sapiranga, Sarandi, Serafina Corrêa, Tapejara, Teutônia, Trindade do Sul, Tupandi, Vacaria, Venâncio Aires e Veranópolis.

Os estudantes que enfrentam algum tipo de dificuldade para retornarem às atividades podem buscar apoio da coordenação pedagógica nas escolas.
Para mais informações, entre em contato pelas Redes Sociais do Senai-RS ou pelo WhatsApp (51) 991448356.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Sem categoria

Spaan precisa de alimentos e fraldas geriátricas para manter cuidados com os idosos nas instituições atingidas pela enchente
Desemprego tem alta no Rio Grande do Sul e em outros sete Estados no primeiro trimestre, diz IBGE
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play