Sexta-feira, 24 de maio de 2024

Vini Jr. é indicado ao prêmio de melhor jogador do mundo

A revista France Football divulgou, nesta quarta-feira (6), os indicados ao prêmio Bola de Ouro de 2023. Pelo segundo ano consecutivo o atacante brasileiro Vini Jr. está entre os finalistas. O camisa 7 do Real Madrid é o único brasileiro a concorrer ao prêmio de melhor jogador entre os homens. Na última edição ele terminou na oitava colocação. Neymar, pela segunda edição consecutiva, ficou de fora dos selecionados.

A atacante Debinha, do Kansas City, é a única representante brasileira na premiação feminina. O troféu vai premiar o melhor jogador do mundo e a melhor jogadora do mundo na temporada 2022/23. A cerimônia será realizada em 30 de outubro.

Ausente em 2022, Messi está de volta à lista e como um dos favoritos após capitanear a Argentina na conquista da Copa do Mundo. Haaland, que quebrou vários recordes em seu primeiro ano no Manchester City, é o principal concorrente. Vice-campeão do mundo, Mbappé também é apontado na França como candidato. Após 20 anos, Cristiano Ronaldo ficou fora da disputa.

Indicados à Bola de Ouro 2023:

Gvardiol (Croácia/RB Leipzig/Manchester City)
Onana (Camarões/Inter de Milão/Manchester United)
Benzema (França/Real Madrid/Al-Ittihad)
Musiala (Alemanha/Bayern de Munique)
Salah (Egito/Liverpool)
Bukayo Saka (Inglaterra/Arsenal)
De Bruyne (Bélgica/Manchester City)
Bellingham (Inglaterra/Borussia Dortmund/Real Madrid)
Kolo Muani (França/Eintracht Frankfurt/PSG)
Bernardo Silva (Portugal/Manchester City)
Kvaratskhelia (Geórgia/Napoli)
Barella (Itália/Inter de Milão)
Emiliano Martínez (Argentina/Aston Villa)
Rúben Dias (Portugal/Manchester City)
Haaland (Noruega/Manchester City)
Gündogan (Alemanha/Manchester City/Barcelona)
Odegaard (Noruega/Arsenal)
Bono (Marrocos/Sevilla/Al-Nassr)
Julián Álvarez (Argentina/Manchester City)
Vinicius Junior (Brasil/Real Madrid)
Rodri (Espanha/Manchester City)
Griezmann (França/Atlético de Madrid)
Messi (Argentina/PSG/Inter Miami)
Lautaro Martínez (Argentina/Inter de Milão)
Lewandowski (Polônia/Barcelona)
Kim Min-Jae (Coreia do Sul/Napoli/Bayern de Munique)
Modric (Croácia/Real Madrid)
Mbappé (França/PSG)
Osimhen (Nigéria/Napoli)
Kane (Inglaterra/Tottenham/Bayern de Munique)

Entre as mulheres, a melhor jogadora da Copa do Mundo, a espanhola Aitana Bonmatí é a favorita.

Veja as indicadas ao Bola de Ouro de melhor jogadora:

Kadidiatou Diani (França/PSG/Lyon)
Linda Caicedo (Colômbia/Real Madrid)
Alba Redondo (Espanha/Levante)
Rachel Daly (Inglaterra/Aston Villa)
Fridolina Rolfö (Suécia/Barcelona)
Olga Carmona (Espanha/Real Madrid)
Georgia Stanway (Inglaterra/Bayern de Munique)
Amanda Ilestedt (Suécia/PSG/Arsenal)
Hayley Raso (Austrália/Manchester City/Real Madrid)
Sophia Smith (Estados Unidos/Portland Thorns)
Salma Paralluelo (Espanha/Barcelona)
Millie Bright (Inglaterra/Chelsea)
Hinata Miyazawa (Japão/Mynavi Sendai/Manchester United)
Lena Oberdorf (Alemanha/Wolfsburg)
Daphne Van Domselaar (Holanda/Twente/Aston Villa)
Sam Kerr (Austrália/Chelsea)
Debinha (Brasil/North Carolina Courage/Kansas City)
Patricia Guijarro (Espanha/Barcelona)
Ewa Pajor (Polônia/Wolfsburg)
Guro Reiten (Noruega/Chelsea)
Aitana Bonmati (Espanha/Barcelona)
Alexandra Popp (Alemanha/Wolfsburg)
Yui Hasegawa (Japão/Manchester City)
Jill Roord (Holanda/Wolfsburg/Manchester City)
Katie McCabe (Irlanda/Arsenal)
Wendie Renard (França/Lyon)
Asisat Oshoala (Nigéria/Barcelona)
Mary Earps (Inglaterra/Manchester United)
Mapi León (Espanha/Barcelona)
Khadija Shaw (Jamaica/Manchester City)

Serão sete prêmios distribuídos no evento. Em 2022, a France Football introduziu duas categorias: o Prêmio Gerd Müller, dado ao artilheiro da temporada, e o Prêmio Sócrates, que leva o nome do lendário jogador brasileiro em reconhecimento por ações sociais. O atacante Vinicius Junior, por seu trabalho com o Instituto que leva seu nome, foi um dos indicados em 2023 na categoria.

O prêmio não tem vínculo algum com a Fifa, que realiza desde 2016 a sua própria cerimônia, o Fifa The Best. Messi foi o vencedor do último troféu dado pela entidade máxima do futebol, que considerou o período entre agosto de 2021 a dezembro de 2022. A Fifa ainda não divulgou detalhes da próxima edição.

Como é a Bola de Ouro
A France Football faz uma lista de 30 finalistas (20, no feminino) e a submete a jornalistas de diferentes países. Na última edição, foram 180 participantes. Cada um faz o seu top-5, e pontuações são dadas por posição. O melhor colocado leva a Bola de Ouro.

Até 1994, o prêmio era dado somente a jogadores europeus. Depois, a France Football ampliou o leque para qualquer atleta de clubes do continente. A partir de 2006, não houve mais restrições, qualquer jogador do mundo poderia ser coroado.

É por esse motivo que Pelé ou Maradona nunca foram Bola de Ouro. Em 2015, quando fez 60 anos, a France Football fez uma revisão de todos os seus prêmios anteriores com base nas regras atuais e reconheceu que o Rei do futebol levaria o troféu sete vezes: 1958, 1959, 1960, 1961, 1963, 1965 e 1970.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Petrobras prevê a instalação de 11 novas plataformas no pré-sal até 2027
Empresas envolvidas na Lava-Jato devem mais de R$ 8 bilhões em acordos de leniência
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play