CRIMINOSOS MORREM APÓS CONFRONTO COM POLICIAIS EM CANOAS

Nesta madrugada desta segunda-feira (06), três criminosos morreram, após uma troca de tiros com a Brigada Militar que começou depois que criminosos furaram uma barreira da Brigada Militar terminando na avenida Mauá, no bairro Rio Branco, em Canoas. De acordo com a polícia eles estavam em um veículo pálio armados com uma espingarda calibre 12 que havia sido roubada no domingo próximo de Santa Cruz do Sul.

“(Eles) Teriam efetuados, segundo os relatos dos políciais militares, um disparo de arma de fogo contra as guarnições, as guarnições reagiram e desse confronto três criminosos foram baleados, foram feridos e acabaram morrendo no local.” disse o delegado Mário Souza.
Um dos criminosos tinha sido identificado já no local. Ele era residente de Canoas e tinha antecedentes criminais. Os outros terão a identificação feita pelo Instituto Geral de Perícias.

Um dos criminosos tinha sido identificado já no local. Ele era residente de Canoas e tinha antecedentes criminais. Os outros terão a identificação feita pelo Instituto Geral de Perícias.

“Quem motiva o confronto nunca é a Brigada Militar ou quem inicia o confronto. A Brigada Militar ela revida uma injusta agressão e nesse caso nos tivemos a causa morte. Certamente se aquele condutor do veículo tivesse parado, não tivesse apontado a arma para guarnição, não tivesse sido efetuado o disparo não haveria troca de tiros e o resultado agora provavelmente seria tão somente a prisão dos três e apreensão do material que estava dentro do veículo” relata o Tenente-Coronel da Brigada Militar, Jorge Dirceu Filho.

As investigações da Polícia Civil seguem em parceria com a Brigada Militar. O objetivo principal é descobrir a intenção dos bandidos, ao transitarem com armamento, munição e uma pequena quantidade de cocaína.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *