Porto Alegre terá bloqueios de trânsito devido à 22ª Parada Livre

Devido à 22ª edição da Parada Livre em Porto Alegre, neste domingo (18), com previsão de 60 mil pessoas, a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) informa a necessidade de medidas de trânsito já a partir desta sexta-feira (16). A concentração do evento será no Largo Francisco Brochado da Rocha, na av. Setembrina, junto ao Parque Farroupilha (Redenção). O evento é organizado por 18 coletivos LGBTI (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e intersexuais) de Porto Alegre.

Já nesta sexta-feira será feito o bloqueio do estacionamento da avenida Setembrina, junto ao Largo Prof. Francisco Brochado da Rocha, a partir das 18h desta sexta-feira até o final do evento, na tarde de domingo. Não haverá necessidade de desvio de trânsito na av. Setembrina nesta sexta-feira e no sábado (17).

No domingo, o início da caminhada, às 17h, será pelas seguintes vias: Setembrina, Osvaldo Aranha, José Bonifácio, João Pessoa, Luiz Englert, com bloqueios momentâneos de trânsito, com retorno dos participantes ao palco localizado no Largo Prof. Francisco Brochado da Rocha. Poderá haver bloqueio total de trânsito na av. Setembrina durante o evento, no domingo, com desvio de circulação pela Paulo Gama até a Osvaldo Aranha, de acordo com monitoramento pelos agentes de fiscalização da EPTC. As informações serão atualizadas pelo twitter @EPTC_POA.

A parada é realizada há mais de 20 anos na Capital, com o objetivo de celebrar a diversidade e chamar a atenção para o trabalho de redução da violência contra lésbicas, gays, bissexuais, trans e travestis.

Os organizadores querem reunir não apenas a população LGBTI, mas qualquer pessoa que apoie a bandeira da diversidade e a não violência. Com cinco trios elétricos, estão programadas apresentações de drag queens, transformistas, grupos de danças e músicos. A Parada Livre não é a única desse segmento realizada em Porto Alegre. No primeiro semestre, a Capital sedia a Parada de Luta LGBTI, também no Parque Farroupilha.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *