Prefeitura lançará edital para carnaval de rua na Cidade Baixa

O carnaval de rua na Cidade Baixa será realizado nos dias 2 e 5 de março no próximo ano. As datas foram estipuladas durante audiência de conciliação na 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre na manhã desta terça-feira (11). O acordo entre o município e o Ministério Público teve o aval da associação de moradores do bairro, da associação de comerciantes e pela Liga das Entidades Burlescas da Cidade Baixa.

Com a decisão, o prefeito Nelson Marchezan Júnior determinou a abertura de um edital para a escolha de uma empresa organizadora do evento. A prefeitura está em processo de conclusão do caderno de encargos que constará no edital, com lançamento previsto para o início da próxima semana.

A empresa que oferecer a melhor proposta terá a responsabilidade de fornecer a infraestrutura necessária à realização do carnaval de rua, como a instalação de banheiros químicos, limpeza das vias, segurança, proteção de monumentos, parques e praças, entre outros itens. Em contrapartida, poderá explorar a comercialização de patrocínios, bebidas e alimentação.

Poderão se apresentar dois blocos por data. Deverão ser selecionadas agremiações que comprovarem origem e tradição no bairro. Outras apresentações poderão ser realizadas na região, mas fora das ruas internas da Cidade Baixa, nos dias 23 de fevereiro, 9 e 10 de março, em locais a serem divulgados no edital que será lançado nos próximos dias.

Musical homenageia Clara Nunes

O Teatro Renascença recebe na quarta-feira (12), às 20h, a cantora Deborah Rosa, em um show de homenagem à Clara Nunes. Os ingressos, que custam R$ 30 inteira e R$ 15 meia-entrada, podem ser adquiridos também antecipadamente neste site. A classificação do espetáculo é livre. No repertório, os clássicos como Conto de Areia, Na Linha do Mar, Nação, Filhos de Gandhi, Feira de Mangaio, Portela na Avenida, entre outros.

Clara Nunes é merecedora de todas as homenagens. Além de um sucesso praticamente sem precedentes em sua época, a ela cabe a forja de um gênero dentro do samba; com repertorio impecável, carisma e interpretações avassaladoras. A cantora que sintetizou com elegância o caldeirão cultural brasileiro – mestiço, agregador e sincrético. Na Linha do Mar, é um show que possibilita conhecer um pouco mais essa personagem sem igual da MPB.

Unem-se repertório consagrado, performance assoladora e entendimento da importância única de Clara no imaginário do samba hoje; num misto de sonoridades afro-brasileiras que reiteram o lugar de destaque de Clara na história da música brasileira e afirmam a grande intérprete que é Deborah Rosa no cenário gaúcho. No palco, os músicos Daniel Rosa, Diego Ciocari e Ricardo Vivian.

Ficha técnica

A direção geral é de Deborah Rosa, com direção musical de Daniel Rosa e direção de arte de Luciano Santos. A produção é de Angélica Silva. Luz de Leandro Gass Baci, som por André Brasil, foto de Sany Brasil e arte da Bergamota Design.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *