Presa quadrilha que roubava veículos em Porto Alegre e enviava para o Paraguai em troca de drogas

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta segunda-feira (17), a Operação Vale Tudo para combater uma organização criminosa da região do Vale do Sinos que roubava veículos em Porto Alegre e enviava os carros para o Paraguai em troca de drogas. Os agentes da 19ª Delegacia de Polícia da Capital cumpriram 45 ordens judiciais em Esteio, Sapucaia do Sul, Canoas, São Leopoldo e Novo Hamburgo. No total, 17 criminosos foram presos.

Segundo o delegado Juliano Ferreira, a investigação começou em abril deste ano, quando ocorreu a prisão de um indivíduo por um roubo de veículo efetuado na Zona Leste da Capital. O carro roubado foi recuperado em Sapucaia do Sul. “No curso da investigação, 24 indivíduos que pertencem à organização criminosa foram identificados. Também foi verificado que eles praticavam, em especial, roubo de veículos, mas também praticavam furtos de estepes de veículos, roubos a pedestres ou outros crimes patrimoniais, que lhes trouxessem lucro fácil”, ressaltou Ferreira.

O delegado ainda enfatizou que a organização criminosa investigada tem uma ramificação que encaminhava veículos roubados em Porto Alegre para o Paraguai. “Quem seria o responsável pelo envio é um indivíduo, que também é investigado por roubo a bancos, que está foragido no Paraguai. Ele encomenda via aplicativo de celular os veículos a serem roubados e encaminhados para o Paraguai, em troca de drogas que serão distribuídas na região do Vale do Sinos”, concluiu Ferreira.

Ao todo, cerca de 180 policiais civis cumpriram 24 mandados de busca e apreensão e 21 mandados de prisão temporária. Durante as investigações, sete pessoas já haviam sido presas e, na manhã desta segunda, mais dez indivíduos foram presos temporariamente.

Traficantes

Dois homens foram presos no domingo (16) pela Polícia Civil em Gramado, na Serra Gaúcha, por tráfico de entorpecentes. A dupla estava levando um carregamento de drogas para a cidade. Na ocasião, os policiais civis da Delegacia de Polícia de Gramado apreenderam três quilos de maconha, 250 gramas de cocaína e 50 gramas de crack. A carga, que pertencia a um grupo criminoso com atuação na cidade, foi interceptada com a ajuda da Brigada Militar.

Malote

Três homens foram presos em flagrante, no sábado (15), após roubarem um malote de uma agência lotérica em Gramado. A captura do trio foi realizada pela Delegacia de Polícia da cidade e contou com o apoio da Brigada Militar.

Segundo as investigações, após cometerem o crime, os três fugiram em direção ao interior do município a bordo de um carro, que foi encontrado mais tarde incendiado e abandonado na Linha Araripe. No local, os policiais civis obtiveram informações sobre um segundo veículo, cujas características levaram a equipe à casa de um dos suspeitos. Na frente da residência, estava estacionado o automóvel.

Como vizinhos alertaram que um homem havia descido do carro e entrado na residência vizinha, ao lado da casa onde estava parado o veículo, os policiais civis ingressaram no segundo imóvel. No local, encontraram um dos suspeitos – também foragido pelo crime de latrocínio – e apreenderam R$ 15 mil, dois revólveres e munição. Na sequência, entraram na casa vizinha, onde prenderam mais um homem e localizaram dinheiro, maços de cigarro e um cofre, além da chave do carro utilizado pelo trio. O terceiro suspeito foi preso em seguida em um local frequentado pelos seus dois comparsas.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *