Sem aulas presenciais escolas estaduais optam pelo ensino à distância

No decreto assinado pelo governador Eduardo Leite, as instituições de ensino devem seguir sem aula até o próximo dia 30 de abril. Mas a pergunta que fica: como que o calendário letivo deve prosseguir depois disso? Nas escolas estaduais caso as 800 horas mínimas não forem atingidas, a recuperação das aulas vai acontecer.


As aulas à distância estão sendo a alternativa para milhares de alunos no Rio Grande do Sul. Escolas e faculdades tiveram que se reinventar, de alguma forma, para não atrasarem o calendário letivo. No caso das escolas estaduais, haverá uma avaliação de como funcionou a modalidade após a quarentena.


“Nós estamos falando em aula a distância, aula EAD, temos que deixar bem claro isso. E quando voltarem para dentro da sala de aula, haverá uma avaliação de todas as atividades que foram feitas e mesmo daqueles que por ventura não fizeram por um ou outro motivo”, explicou o secretário de educação do RS, Faisal Karam.


Motivos estes que poderiam impedir o aluno de executar as atividades longe das escolas, como internet ruim ou dificuldade de acesso. Caso isso ocorra, os alunos que não realizarem todas as atividades terão que recuperar as horas em sala de aula.


“Tudo isso será avaliado, então aquele que precisar fazer a recuperação irá fazer, e aquele que não precisar, continuará avançando com matéria nova a partir desse momento”, disse o secretário de educação.


As medidas adotadas pelo governo buscam salvar o ano letivo, evitando prejudicar professores e alunos. No entanto, o secretário de educação deixa claro que a intenção não é, no final do ano, apenas aprovar ou reprovar um aluno.


“Pra que a gente possa ter ainda alguma folga no calendário, quando se fala nos sábados para as atividades das escolas como letivas. E para que possamos chegar no final do ano com possibilidade de cumprir no mínimo as 800 horas que é uma exigência”, disse Karam.


Até o dia 30 as aulas ficarão suspensas, porém, não se sabe ainda, se após essa data as escolas retomam as atividades presenciais ou se seguem com ensino à distância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *