Vereador suspeito de extorsão deixa Cadeia Pública de Porto Alegre

O vereador de Porto Alegre André Carús (MDB) foi liberado da Cadeia Pública da Capital na tarde desta quinta-feira (10), data definida pela Justiça como o limite da prisão temporária do parlamentar. Ele estava em uma galeria que contém 50 presos e é destinada a servidores públicos e presos com curso superior. Carús e parte de seus assessores, quatro dos quais foram presos, estão sendo investigados pela suspeita de que exigiam dinheiro das pessoas que o vereador indicava para cargos públicos. Ele foi detido no dia 1º de outubro por suspeita de extorsão, na Operação Argentários.

Nas buscas foram apreendidos R$60 mil, 3,8 mil dólares, 1.765 libras e 2.605 euros, além de duas armas. Celulares, computadores e planilhas, com nomes e datas, também foram encontrados pelos policiais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *