Terça-feira, 18 de junho de 2024

Após falas de Elon Musk, foragido Allan dos Santos volta ao X em conta bloqueada; ministro havia determinado bloqueio de conta em setembro de 2021

O blogueiro Allan dos Santos realizou na noite do último domingo (08) uma transmissão ao vivo no X (antigo Twitter), diretamente dos Estados Unidos, onde vive. A live ocorreu depois de dono do X, o empresário Elon Musk, ter ameaçado desrespeitar decisões da Justiça brasileira que determinavam remoção de conteúdo e bloqueio de contas da plataforma.

A live de Allan dos Santos foi vista por quase 10 mil usuários, conforme informações da coluna de Lauro Jardim, no jornal O Globo. Foi transmitida entre 22h e 23h na conta oficial do canal “Terça Livre”, que Allan criou para mobilizar o público de direita, sobretudo apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro.

A conta do “Terça Livre” havia sido descontinuado depois que Allan entrou na mira do STF por publicação de conteúdos antidemocráticos e ataques à Corte. O perfil do blogueiro também foi suspenso. Santos está foragido da Justiça brasileira desde outubro de 2021.

No domingo (7), Musk fez uma série de publicações no X desafiando o ministro Alexandre de Moraes. Em uma delas, acusou o ministro de promover censura no Brasil. Em seguida, ameaçou reativar as contas suspensas por ordens judiciais em razão de fake news e ataques às urnas eletrônicas. Disse ainda que essa reativação provavelmente levaria o X a fechar o escritório no Brasil.

Alexandre Moraes determinou a abertura de inquérito para apurar a conduta de Musk e também ordenou que ele passe a ser investigado no inquérito das “milícias digitais”.

Prevendo uma decisão que possa derrubar a plataforma no País – e em mais uma afronta à Justiça brasileira – o bilionário, em outro post, recomenda que os usuários que queiram continuar acessando o X o façam por meio de VPN – sigla para “Virtual Private Network” (Rede Privada Virtual, em português) –, conexão de rede protegida que oculta o endereço IP do usuário.

Segundo Lauro Jardim, quando acessada via computador, a página exibe um aviso de “Conta retida”, em “resposta à legal demanda”. É o aviso padrão para casos de bloqueios judiciais. Mas, via smartphones, o “Terça Livre” consta como visível para parte dos usuários do app do X no Brasil.

O jornal informa que, na live, Allan proferiu diversos xingamentos a Alexandre de Moraes e declarou que retomará as atividades do “Terça Livre” em território americano, prometendo transmissões diárias. Também sugeriu que, em futuras lives, trabalhará pela eleição de candidatos de direita nas eleições municipais de outubro.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Entenda como Allan dos Santos e outros burlam bloqueio de Alexandre de Moraes nas redes sociais
Bancada feminina do Senado pede voto de repúdio a Ciro Gomes por fala misógina contra senadora
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play