Terça-feira, 23 de julho de 2024

Banrisul firma acordo para atender clientes servidores públicos estaduais e municipais diretamente atingidos pela enchente conforme Mapa Único do Plano Rio Grande

O Banrisul, o Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul e a Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul, com a participação do Procon RS e do Procon do município de Porto Alegre, assinaram um acordo que prevê a prorrogação de operações de crédito consignado de servidores públicos do Estado e de municípios conveniados ao Banrisul diretamente afetados pelas enchentes de maio. 

No termo, fica estabelecido que o Banrisul vai conceder quatro meses de carência nas operações de crédito consignado, que não terão juros cobrados sobre o período de carência. O número de parcelas não será alterado, e o valor da prestação será mantido. Por exemplo: se o funcionário público possuir um contrato de 60 meses, a quantidade de parcelas continuará sendo 60, e o valor mensal da prestação seguirá inalterado, ampliando-se apenas o prazo do contrato para 64 meses. 

O benefício é voltado para os servidores públicos estaduais e municipais, incluindo inativos e pensionistas, que sejam clientes do Banrisul e que tivessem domicílio e residência cadastrados junto ao banco até maio de 2024, em local considerado “diretamente atingido” pelo Mapa Único do Plano Rio Grande e estejam em município com calamidade pública reconhecida nos termos do Decreto Estadual n° 57.646, de 31 de maio de 2024, e da Portaria n° 1.802, Anexos I e IV, de 31 de maio de 2024, do Ministério da  Integração e do Desenvolvimento Regional/Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil.

O Banrisul informa que a adesão formal do funcionário público interessado deverá ser feita na agência de relacionamento ou no aplicativo Banrisul Digital, em opção própria que estará disponível. A adesão do servidor estadual deverá ser formalizada no período de 25 de junho a 10 de julho de 2024, e a do servidor  municipal no período de 26 de junho a 10 de julho de 2024.

A instituição esclarece que, para os demais clientes que possuam crédito consignado e residam em áreas fora do mapa de atingidos pela enchente, as operações financeiras seguem normalmente, conforme regras já definidas.

Segundo a direção do banco, o acordo demonstra o espírito de união dentro do propósito de somar forças para reconstruir o Rio Grande do Sul neste momento de grandes desafios, tendo em vista a gravidade dos impactos econômicos e sociais da catástrofe climática que assolou o estado e que vai demandar integração e resiliência.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Acontece

Prazo para cadastrar projetos de apoio em saúde ao Rio Grande do Sul termina na terça
Famurs solicita prorrogação no prazo para cadastro do Auxílio Reconstrução
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play