Sexta-feira, 01 de julho de 2022

loader

Bolsonaro recebe o presidente da Colômbia no Palácio do Planalto nesta terça-feira

O presidente Jair Bolsonaro se reúne nesta terça-feira (19) no Palácio do Planalto com o presidente da Colômbia, Iván Duque, que está em visita oficial ao Brasil. Nesta segunda-feira (18), Duque teve reuniões em São Paulo com investidores, empresários e líderes de entidades que representam setores da economia.

Além de Bolsonaro, o presidente da Colômbia tem previsão de se reunir nesta terça-feira com os presidentes da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), segundo o governo colombiano.

Relação entre países

Em uma rede social, Duque afirmou que apoia a relação bilateral e fortalecimento da cooperação entre os países em temas de comércio, turismo, saúde e proteção da Amazônia.

De acordo com o governo colombiano, há previsão de assinatura de sete acordos no encontro entre Bolsonaro e Duque nas áreas de cooperação policial, comércio, saneamento, agricultura, capacitação técnica, pesquisa e serviços aéreos.

A Colômbia tem interesse na experiência do Brasil na produção de etanol e no desenvolvimento agrícola da Amazônia, bem como deseja o apoio da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) para se aproximar de universidades e setor privado e realizar pesquisas.

O governo colombiano ainda declarou que será assinada uma carta de intenções sobre certificação eletrônica para facilitar o comércio de produtos de origem animal e vegetal.

Segundo o governo brasileiro, o encontro entre Bolsonaro e Duque visa “estreitar laços” da agenda bilateral em áreas como investimentos, comércio, agricultura, energia, saúde, segurança e migrações — Brasil e Colômbia têm fronteira com a Venezuela e lidam com o fluxo migratório provocado pela crise social e econômica do país vizinho.

O encontro entre os presidentes, cujos países têm cobertura da floresta, ocorre duas semanas antes da COP 26, conferência das Nações Unidas sobre mudanças climáticas e preservação ambiental.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Mal-estar com vazamento de dados adia leitura do relatório da CPI da Covid
Equador decreta estado de exceção por violência ligada ao narcotráfico
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play