Quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024

Carne humana na mala: o que falta esclarecer sobre o caso do brasileiro preso em Portugal por suspeita de homicídio

Assassinato na Holanda, tentativa de fuga para Belo Horizonte, prisão em Portugal e um pedaço de carne na mala. O caso envolvendo o brasileiro Begoleã Mendes Fernandes, de 26 anos, ainda é cercado de mistério.

De acordo com o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), o homem, que é da cidade mineira de Matipó, na Região da Zona da Mata, em Minas Gerais, foi preso no dia 27 de fevereiro, em um aeroporto de Lisboa por falsificação de documentos. Begoleã ainda é suspeito de matar o também brasileiro Alan Lopes, da mesma idade, no Norte de Amsterdã.

Ainda conforme o jornal português Correio de Manhã, a carne apreendida com o mineiro é de origem humana, mas não é de Alan. A polícia não dá detalhes do caso.

Veja o que se sabe e o que falta esclarecer sobre o caso:

1. Quem é a vítima do assassinato? Alan Lopes, de 21 anos, é a vítima do homicídio. Ele também é brasileiro e trabalhava como açougueiro. A família de Alan é de Brasília (DF), mas vive há sete anos na capital holandesa.

2. Quem é o suspeito do assassinato de Alan? O brasileiro Begoleã Mendes Fernandes, de 26 anos, é suspeito do crime. Ele é natural da cidade de Matipó, na Zona da Mata de Minas Gerais.

3. Quando e onde ele foi preso? Begoleã foi preso na noite da última segunda-feira (27) em um aeroporto na cidade de Lisboa, em Portugal.

4. O que aconteceu no aeroporto para o suspeito ter sido preso? Segundo o SEF, o suspeito, que pretendia viajar com destino a Belo Horizonte, apresentou um cartão de identidade italiano, além de portar outros documentos de identificação em nome de terceiros, o que levantou suspeitas.

5. Qual seria o trajeto do brasileiro antes de ser preso no aeroporto? O suspeito saiu de Amsterdã, na Holanda, foi para Lisboa, em Portugal, onde embarcaria para Belo Horizonte, no Brasil. Não há informações se ele passou por outras cidades.

6. O que foi encontrado na bagagem do suspeito? Na mala dele, foram apreendidas roupas sujas de sangue, uma amarra e uma embalagem plástica com “pedaços suspeitos de carne”.

7. Onde o suspeito está agora? O SEF informou que o suspeito prestou depoimento no Tribunal da Relação de Lisboa na segunda-feira (27). Depois desta data, não há informações para onde ele foi levado.

8. O que o suspeito fazia na Holanda? Ainda não há informações do trabalho de Begoleã em Amsterdã, mas, segundo um conterrâneo dele entrevistado pelo g1 Minas, o suspeito saiu da cidade mineira de Matipó para ser lutador na Holanda.

9. O que a polícia está investigando? A polícia holandesa não passa detalhes sobre a investigação, mas Kamila Lopes, irmã de Alan Lopes, disse à imprensa que o irmão foi morto a facadas. A hipótese é que ele tenha levado algum golpe de luta que o deixou desacordado para ser atacado na sequência.

10. Quais são as versões da polícia sobre a carne? A carne encontrada na mala foi analisada no Instituto de Medicina Legal de Lisboa, que apontou que a amostra investigada não pertence a Alan Lopes. No entanto, outros detalhes não foram divulgados e o caso segue em investigação.

11. O que diz a defesa do suspeito? Ainda não há informações se algum advogado assumiu a defesa de Begoleã.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

“Era o que eu esperava”, diz o ex-presidente da República Michel Temer sobre o afastamento do juiz que o prendeu na Lava-Jato
Ministério da Saúde estuda incluir nova vacina contra a dengue no calendário do SUS
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play