Terça-feira, 07 de dezembro de 2021

loader

Com a pandemia de coronavírus, número de mortes no Brasil aumenta 15% em 2020

Nunca morreu tanta gente no Brasil como em 2020, ano marcado na história mundial pela pandemia de Covid-19. Um estudo divulgado nesta quinta-feira (18) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostra que passou de 1,5 milhão o número de registros de óbitos no País ao longo do ano passado.

Ao todo, foram registradas 195.965 mortes a mais do que em 2019, um aumento de 14,9% nos registros de óbitos – maior aumento, tanto em número absoluto quanto em percentuais, desde 1984, quando teve início a série histórica das Estatísticas do Registro Civil feita pelo IBGE.

Antes, o maior aumento no número de mortes no Brasil havia sido registrado entre 1992 e 1993 – foram 56,4 mil registros a mais de um ano para o outro, o que corresponde a uma alta de 6,7%.

O levantamento considerou o total de registros de óbitos feitos no País, que inclui mortes por causas naturais (classificação que inclui a Covid-19) e não naturais (homicídios, suicídios, acidentes de trânsito, afogamentos, quedas acidentais etc), além daquelas de natureza desconhecida. A causa das mortes em si não foi objeto do estudo.

Segundo a pesquisa, em 2020, 91% do total de mortes ocorridas no País se deu em decorrência de causas naturais; 73,5% dos óbitos ocorreram em hospitais; o aumento substantivo foi concentrado entre pessoas acima de 60 anos; o número de mortes aumentou mais entre homens (16,7%) do que entre mulheres (12,7%); e houve queda no número de mortes na faixa etária abaixo de 15 anos.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Quase 240 municípios gaúchos têm mais de 90% da população adulta completamente vacinada contra o coronavírus
Museu Nacional anuncia a descoberta de nova espécie brasileira de dinossauro
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play