Domingo, 21 de abril de 2024

É possível curtir o Carnaval sem ressaca; saiba como

Quem está se preparando para curtir o Carnaval precisa ter algo em mente desde já: é comum ter ressaca, mas ela é totalmente prevenível. Parece que o desconforto é inevitável, porém uma alimentação adequada e bastante hidratação podem afastar o fantasma das dores de cabeça e dos enjoos no dia seguinte. Afinal, a folia não dura um dia só, e por isso é preciso ter disposição para encarar toda a programação do feriado.

A médica endocrinologista e metabologista Dra. Paula Pires explica o que causa a ressaca: “Para absorver e metabolizar grande quantidade de bebida alcoólica, o organismo tem de se desdobrar e acaba sobrecarregando outros órgãos no processo. O fígado sofre mais por produzir as enzimas que ajudam na absorção do álcool. Além disso, demora a entender que deve parar de trabalhar”, afirma a especialista.

“Então, quando o álcool já se foi, a concentração dessas enzimas, que são muito tóxicas, ainda é alta, o que gera um desequilíbrio. O sistema nervoso, que se adequou a esse ritmo errado do corpo, acompanha a crise de abstinência. O resultado geral é dor de cabeça, desidratação, enjoo, diarreia e extremo cansaço”, detalha a médica.

Como curar ressaca

De acordo com a profissional, nenhum remédio pode curar ou acelerar o metabolismo do álcool no organismo. “De nada adianta: banho frio, café, chás, produtos com cheiro forte ou qualquer outra medicação caseira. O essencial é hidratação, carboidratos e bastante repouso. Habitualmente, a ressaca melhora até o final do dia”, aconselha.

Ela explica que o que alguns medicamentos fazem é aliviar os sintomas (analgésicos, antiácidos ou anti-histamínicos). Para quem está com desidratação, sucos, água-de-coco e isotônicos (sem álcool) repõem água, sais minerais e vitaminas perdidos. Ainda segundo a especialista, o refrigerante não hidrata, mas ajuda contra a queda da glicose.

Após a bebedeira, a médica aconselha principalmente o repouso. A ingestão de água e suco durante todo o dia diminui o tempo de recuperação. Além disso, Paula recomenda comer refeições leves, como frutas e verduras. “Prefira sopas e caldos, evitando alimentos gordurosos”, orienta a metabologista.

Previna o desconforto

A especialista dá algumas dicas que podem evitar novos episódios de ressaca no futuro – o que com certeza será útil para eventos além do Carnaval. Confira:

– Nunca beba com estômago vazio, pois o álcool cai na corrente sanguínea em 30 min;
– Tome devagar e sempre depois de ingerir alimentos com proteínas e carboidratos;
– Uma alternativa é beliscar durante a bebedeira, pois isso ajuda a retardar a absorção;
– Beba muita água antes, durante e depois do consumo de álcool. Esta é a melhor dica;
– Toda vez que urinar, beba água, suco, isotônico ou refrigerantes (com açúcar, último caso);
– Beba muitos líquidos ao acordar e, se não tomar café sempre, evite-o, pois é diurético.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Variedades

José Mayer é internado após indisposição respiratória
Oito dicas para seu intestino funcionar bem e evitar problemas no Carnaval
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play