Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Empresário que ameaçava o senador Randolfe Rodrigues é preso no Amapá

Após realizar uma série de ameaças ao senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), o empresário Júlio Farias foi preso em uma operação conjunta da Polícia Legislativa do Senado e da PF (Polícia Federal) em Macapá, no Amapá, na quinta-feira (22).

Na casa do empresário, a polícia encontrou dez armas, entre elas um fuzil, duas espingardas e cinco pistolas semiautomáticas, um silenciador de fuzil comprado ilegalmente e mais de 3 mil munições.

Em um vídeo publicado nas redes sociais, Farias chama Randolfe de “gazela” e diz: “O dia que eu me encontrar contigo e tu falar para mim ‘perdeu, mané’, tu vai cair na porrada”.

O mandado de busca e apreensão na casa do empresário foi autorizado pela juíza federal Pollyanna Kelly Maciel Medeiros Martins Alves, da 12ª Vara Federal Criminal de Brasília. Ele foi preso em flagrante por possuir um silenciador para fuzil de uso restrito, comprado na internet, sem autorização legal.

Na entrada da residência do homem, havia uma placa com os dizeres “Atenção: do muro para dentro, agimos igual ao STF. Acusamos, julgamos e executamos a pena!”.

A Justiça também determinou que Farias deve manter a distância mínima de 200 metros do parlamentar e a suspensão do porte das armas de fogo registradas em seu nome.

Armas e munições foram encontradas pela Polícia Federal. (Foto: PF/Divulgação)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Dez pontos estão impróprios para banho no Rio Grande do Sul
Lula diz que tem o “compromisso de fazer o País voltar a sorrir” e que governo “não precisa de tapinha nas costas”
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play