Sexta-feira, 19 de julho de 2024

INSS reduz mais de 50% da atividade e quase 100 mil pessoas ficam sem atendimento por mês, diz Tribunal de Contas da União

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) reduziu a produtividade dos seus peritos por mais da metade da jornada estabelecida por lei. Como consequência, quase 100 mil pessoas estão sem atendimento por mês. A informação foi divulgada pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

O órgão de controle também citou redução das metas, alocação ineficiente de peritos federais e deficiências nos recursos de tecnologia da informação como motivos para piora dos atendimentos.

Uma das medidas afetadas são as perícias médicas, que tem como prazo de realização estabelecido em 45 dias. Porém, só é obedecido em seis Estados e o tempo médio dos atendimentos chega a 82 dias, aponta o TCU.

Em algumas localidades, porém, o prazo de espera ultrapassa 200 dias, como em Rondônia (247 dias), Tocantins (226 dias) e Amazonas (221 dias), afirmou o relator do processo, o ministro Aroldo Cedraz.

Os dados são de setembro de 2023, referentes à procura por benefícios de prestação continuada (BPC) à pessoa com deficiência e benefícios previdenciários por incapacidade.

A revisão de benefícios previdenciários por incapacidade e de BPC à pessoa com deficiência também são impactadas devido à falta de informação necessária para prestar esse serviço.

Somente a investigação para a concessão inicial do benefício é priorizado.

Entre outros pontos, o TCU determinou ao Ministério da Previdência Social (MPS) que aperfeiçoe as metas diárias dos participantes do Programa de Gestão e Desempenho da Perícia Médica Federal (PGDPMF) para respeitarem as jornadas de trabalho previstas na legislação.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Embaixada da Hungria no Brasil demite dois funcionários após vazamento de vídeos que mostram Bolsonaro hospedado
Ação conjunta da Polícia Federal e Marinha apreendem 200 kg de cocaína em navio no porto de Santos
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play