Sexta-feira, 19 de agosto de 2022

Inter se reaproxima dos 100 mil sócios e lança nova campanha para aumentar adesões

O Inter está próximo da bater novamente a marca dos 100 mil sócios. O clube está com 99.400 torcedores cadastrados e projeta atingir o número ainda nesta semana, após o lançamento de uma nova campanha de reposicionamento de marca.

Na manhã desta terça-feira, o clube apresentou a campanha “Vivo em Ti”. A ideia é mostrar que a paixão vai além do resultado e também estreitar a relação com os torcedores longe do Beira-Rio, que poderão vivenciar experiências do dia a dia do clube através do celular, redes sociais, streaming e outras plataformas.

A aposta da direção é que a estabilidade dos resultados, aliada ao projeto de material digital para deixar o fã conectado, impulsione o incremento no quadro social.

O vídeo promocional, lançado na noite de segunda, conta com imagens da equipe durante a goleada por 4 a 1 sobre o Colo-Colo pelas oitavas de final da Sul-Americana, com alguns dos principais nomes do time de Mano Menezes.

Além de Edenilson e Taison, os capitães e principais vozes do vestiário, participam da peça reforços contratos neste ano, como Renê, Gabriel, Carlos de Pena, Alan Patrick, Pedro Henrique e Wanderson.

“É mais que uma campanha. Queremos passar ao torcedor o sentimento que ele é muito importante, no campo e fora. Estamos em um novo momento, com uma equipe reformulada, mas os jogadores com identidade no clube”, disse o presidente Alessandro Barcellos no evento de lançamento para a imprensa.

O processo de integração digital terá um passo importante na quarta-feira. O clube lançará um projeto de e-sports, para atingir o público de 12 a 20 anos.

Atualmente, a inadimplência do quadro social varia entre 10% e 15%. Durante o período de instabilidade, esteve próximo dos 20%.

A direção, desde que foi eleita, trabalha com o objetivo de alcançar os 200 mil sócios durante o mandato, que expira no final de 2023. A meta inicial é chegar entre 130 mil a 150 mil ainda neste ano, conforme a resposta dos colorados à campanha.

Clube avalia reabrir plano do “carteira vermelha”

A ideia do clube é abranger o maior número de torcedores possíveis, tanto em faixas etárias quanto capacidade de investimento. O Inter trabalha para renovar o público e ter crianças no quadro, com o “sócio coloradinho” que paga R$ 6,25, assim como o fã que pode aderir à categoria popular, o “Academia do Povo”, ao custo de R$ 10 mensais.

A direção, inclusive, estuda reabrir um pacote para inclusão do sócio contribuinte, o “carteira vermelha”, modalidade na qual o torcedor paga a mensalidade e tem a entrada no Beira-Rio liberada, apenas com a necessidade de realizar o check-in.

“Estamos fazendo o relançamento das categorias de sócio. Queremos estender o quadro a qualquer pessoa. Temos a categoria popular. Precisamos renovar o público e conversar com os pequenos. Existe ainda a possibilidade de abrir um lote do carteira vermelha” apontou a executiva de marketing, Liana Bazanela.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de futebol

Brusque x Grêmio: Momento, Escalações, Arbitragem e Transmissão
Inter repassa empréstimo de Wesley Moraes para clube da segunda divisão da Espanha
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play