Sábado, 02 de março de 2024

Mano exalta poder de reação do Inter após eliminação e vaias: “Matamos no peito e demos a resposta dentro de campo”.

O Internacional venceu o Fluminense na noite deste domingo, no estádio Beira-Rio, no fechamento da 22ª rodada do campeonato brasileiro, por 3 a 0. O técnico Mano Menezes destacou a partida após o revés na copa Copa Sul-Americana contra o Melgar, e prega foco no restante da competição para garantir vaga na próxima copa Libertadores.

O treinador foi vaiado pela primeira vez desde que chegou ao clube e comentou a ausência do jogador Edenilson e sobre uma possível negociação do atleta para deixar o clube. O atleta é o principal alvo da torcida junto de Taison, após a partida de quinta-feira.

“Não conversamos sobre isso. Não colocamos ele na lista de relacionados porque não tinha condições para isso. O resto tudo é especulação e sobre especulação eu não falo.” Comentou o treinador.

“Às vezes se vende uma ideia de que uma eliminação destrói tudo. Ela só destrói tudo quando tu percebe que não deixou tudo em campo. A equipe fez o que era possível, não conseguiu ser mais contundente, não conseguiu o gol.” Defendeu o técnico.

Alguns jogadores foram alvos de vaias e xingamentos por parte grande parte da torcida, tendo como principal alvo o meia Taison e o goleiro Daniel. O meia começou a partida no banco de reservas e não entrou no decorrer da partida.

“Há algumas semanas Daniel era muito criticado. E eu ouvia que não podia mais vestir a camisa do Inter. E não ouvi mais nada sobre isso. Temos que responder com trabalho. Até essas coisas estranhas sabemos de onde vem.” Defendeu Mano.

“Não temos nada para reclamar, matamos no peito e demos a resposta dentro de campo.” Completou.

O treinador ainda comentou sobre as últimas polêmicas de arbitragem envolvendo o clube nas últimas duas partidas.

“A expulsão de Gabriel foi absurda, ele quis fazer e fez. Tem autoridade porque é um dos principais da América Latina.” Reclamou o técnico.

“Hoje, pela primeira vez, tivemos um impedimento de nádega. Um impedimento da poupança, nunca tinha visto. Já tivemos outros lances assim nos nossos jogos, até a favor.” Completou.

Mano exaltou a atuação colorada e o poder de reação contra o Fluminense, elogiando o time comandado por Fernando Diniz, que se encontra na 4ª colocação do campeonato brasileiro, 2 pontos na frente da equipe de Mano Menezes.

“Talvez pegamos a equipe mais difícil depois da eliminação, uma equipe que nos nega a bola. Por isso a marcação alta, para não deixar eles se organizarem. Vencemos uma equipe que é a sensação, das equipes que estão na frente.” Elogiou o treinador.

“Todo mundo sofre para se defender contra o Fluminense, o Internacional não sofreu. Porque é um time que se defende bem e é organizado.” Completou.

Com a vitória, o Inter chega a 6ª colocação, ingressando no G6 do campeonato, que agora é o principal objetivo do clube na temporada. O colorado volta a campo somente na próxima segunda-feira, onde enfrenta o Avaí, fora de casa na Ressacada, pela 23ª rodada da série A.

 

 

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de |

Perfil de Neymar curte post criticando decisão de Mbappé ser cobrador oficial de pênaltis no PSG
Uergs garante cessão de uso do campus central por 20 anos
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play