Segunda-feira, 24 de janeiro de 2022

loader

Mulheres que batalharam para ter casas próprias se tornam pintoras diplomadas na Região Metropolitana de Porto Alegre

No dia 6 de novembro, às 10h, no conjunto habitacional localizado na rua Caju, 1.501, em Nova Santa Rita, na Região Metropolitana de Porto Alegre, será realizada a formatura de 30 mulheres que participam de oficinas teóricas e práticas de preparação de paredes e pintura predial ministradas pela ONG Mulher em Construção.

O grupo faz os acabamentos nas suas próprias casas, conquistadas com muito esforço e dificuldade. O certificado vai coroar o empenho de oito mulheres chefes de família que, há 18 anos, lutam para ter onde morar dignamente. Com muita bravura, elas conseguiram legalmente lotes de terra para erguer suas moradias.

Contando com o apoio e orientação da assistente social Sabrina Backes, as líderes comunitárias se cadastraram no Programa Minha Casa, Minha Vida e contrataram a cooperativa CooperHabitar para construir 175 casas em um terreno localizado na rua Caju.

Ao condomínio popular, deram o nome de Anita Garibaldi em homenagem à revolucionária que, assim como elas, teve uma vida cheia de batalhas. Com o conjunto de residências ainda em execução, as mulheres querem, elas próprias, fazer os acabamentos das unidades já edificadas e entregues pela construtora.

E, para aprender as técnicas de preparação de paredes e pintura predial, elas chamaram a ONG Mulher em Construção, conhecida por ensinar funções de construção civil para o público feminino e em vulnerabilidade social. Nas aulas práticas coordenadas pela professora Fátima Wilhelm, as 30 alunas, que agora se formam, corrigiram as imperfeições da alvenaria, aprontaram as paredes para recebimento dos produtos, fizeram cálculos de quantidade de material, aplicaram selador, massa corrida e tinta e, por fim, concluem, neste sábado (30) e na terça-feira (02),  das 8 às 17h, a pintura de cinco casas.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de boas noticias

Facebook muda de nome e passa a se chamar Meta
Sem PEC, governo indica prorrogar auxílio emergencial; ministro fala em ajuda “custe o que custar”
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play