Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Número de profissionais que atuam no programa Mais Médicos aumenta 105%

Balanço do Ministério da Saúde indica que o Mais Médicos registrou aumento de 105% no número de profissionais que atuam no programa em 2023. Com 28,2 mil vagas preenchidas em 82% do território nacional, 86 milhões de pessoas, segundo a pasta, foram beneficiadas pelo programa em todo o País. Ao longo desse período, 744 novos municípios passaram a ser atendidos.

Os números mostram ainda que todos os 34 distritos sanitários indígenas foram integrados ao Mais Médicos. “Um avanço importante diante da desassistência enfrentada por essa população nos últimos anos”, avaliou o ministério. No território Yanomami, o número de profissionais passou de nove para 28. Ao todo, 977 novos profissionais atuam na saúde indígena.

Ainda segundo a pasta, 41% dos participantes desistiram do programa em edições anteriores “por falta de perspectiva profissional”. “A partir da retomada, em 2023, o Mais Médicos trouxe aos profissionais oportunidade de qualificação e aperfeiçoamento, além de incentivos e benefícios”, afirmou o Ministério da Saúde.

O Mais Médicos é classificado pelo governo federal como uma grande estratégia nacional para a formação de especialistas. A expectativa é de que, nos próximos anos, cada equipe de saúde da família passe a contar com um especialista. Atualmente, o Brasil registra mais de 50 mil equipes de saúde da família e mais de 10 mil médicos de família e comunidade.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Inflação para o consumidor fecha 2023 em alta em Porto Alegre
Choque de aviões no Japão: aeronave com 379 pessoas a bordo recebeu permissão da torre de controle para pousar
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play