Segunda-feira, 24 de janeiro de 2022

loader

Onyx Lorenzoni, em Porto Alegre, debate o futuro do Democratas

O Democratas do Rio Grande do Sul, reunido em torno do grupo chamado de “Frente Liberal”, promoveu ontem uma reunião fechada do partido no Hotel Deville em Porto Alegre, para discutir com cerca de 700 lideranças de todo o estado, o que o ministro do Trabalho Onyx Lorenzoni definiu o diálogo dentro do partido como “busca de uma unidade para o futuro”. Onyx, que é pré-candidato ao governo do Estado reiterou que sua presença no encontro partidário acontecia “na condição de deputado federal e membro do partido. O ministro ficou lá fora, aqui está o deputado federal e companheiro, que veio discutir alternativas para o futuro”. Embora fossem discutidas alternativas, o encontro não foi decisivo quanto ao próximo passo a ser dado na busca de um novo partido para abrigar a possível candidatura de Onyx ao Palácio Piratini, e dos candidatos à Assembleia Legislativa, Câmara e Senado. O presidente do partido, Rodrigo Lorenzoni, saudou as visitas de lideranças, como o deputado federal Giovani Cherini, presidente estadual do PL, e Capitão Macedo, deputado estadual do PSL.

Novo partido: “uma pirâmide financeira”

O presidente do DEM, Rodrigo Lorenzoni, foi enfático ao afirmar a total falta de sintonia dos Democratas gaúchos, com o novo partido, resultante da fusão com o PSL. Como exemplo, além de ser anti-Bolsonaro, o estatuto do novo partido, a UB, segundo Rodrigo, “mais parece uma pirâmide financeira” e a perspectiva de apoiar a reeleição do presidente Jair Bolsonaro, afasta definitivamente o grupo gaúcho da nova sigla.

Atleta demitido por emitir opinião

Num país onde ter opinião pode dar cadeia, como já ocorre com políticos e jornalistas cumprindo prisão sem o devido processo legal, agora surgiu mais um caso. O jogador Maurício Souza, da seleção Brasileira de vôlei e também atleta do Minas Tênis Clube, foi em uma absurda polêmica depois de expressar sua opinião, de crítica ao novo Superman bissexual. Ontem, em meio a toda polêmica, o Minas Tênis Clube decidiu rescindir o contrato do atleta Maurício Souza, após decisão da diretoria do clube.

Jair Bolsonaro saúda os 2,5 milhões de empregos este ano

O presidente Jair Bolsonaro saudou ontem os dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados pelo ministério do Trabalho. Segundo Bolsonaro, “mesmo com o fique em casa a economia a gente vê depois, o Brasil criou 2,5 milhões de empregos com carteira assinada de janeiro a setembro de 2021. Em setembro, o país abriu 314 mil postos de trabalho. É o 8º mês seguido na criação de empregos formais.” Com o resultado de setembro, o Brasil chega a 41,9 milhões de pessoas com emprego formal.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Flávio Pereira

Pré-candidato ao Piratini, Senador Heinze acredita que direita estará unida em 2022
Onyx Lorenzoni em Porto Alegre: “Em 2022, será 22”
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play