Sábado, 22 de junho de 2024

Secretariado gaúcho participa de formação para conscientização antirracista

Em reunião com os titulares das secretarias na manhã desta quarta-feira (06), o governo do Estado, por meio da Seidape (Secretaria Extraordinária de Inclusão Digital e Apoio às Políticas de Equidade), promoveu um workshop com foco na capacitação antirracista.

O objetivo do curso “Entendendo o Racismo no Contexto Brasileiro” é impulsionar discussões e reflexões sobre o tema, além de fortalecer a criação de uma forma de trabalho transversal para a construção de políticas públicas. A ação faz parte de uma trilha sobre equidade racial, com exposição da temática, dinâmicas e debate sobre tópicos relevantes para o desenvolvimento do assunto.

Na abertura, o governador Eduardo Leite destacou a importância de os secretários participarem da atividade com uma mentalidade receptiva e dispostos a se colocarem no lugar do outro.

“Nós acreditamos no poder da transformação do ser humano a partir de ações como esta. Por isso, eu preciso que todos estejam muito abertos a isso”, disse. “É fundamental que as pessoas tenham mentes e corações abertos para entender, com empatia, as razões e o contexto do outro. Nós estamos no serviço público para atender às pessoas na imensa diversidade de seres humanos que compõem a nossa população. Não estamos aqui para atender somente aos que são parecidos conosco. Por isso, é importante que nós possamos entender a dor do outro.”

Em sua fala, a titular da Seidape, Lisiane Lemos, ressaltou que a ação desenvolvida pelo governo do Estado tem um grande potencial para transformar o modo como as pessoas se relacionam e abordam a diversidade.

“Nas minhas experiências de trabalhos anteriores, eu conheci o poder que essas formações têm para transformar o jeito como nos relacionamos, a sociedade que preparamos para os filhos, os netos e os cidadãos que nós servimos. Isso evita também que nós incorramos em erros de abordagem equivocada da diversidade”, afirmou. “É importante também destacar que esse plano foi construído a muitas mãos, com a participação de diversas secretarias. A intenção hoje é trazer ferramentas para que possamos construir, de forma transversal, políticas públicas que levem a um futuro com mais equidade.”

Voltada para as altas lideranças do governo estadual, a formação foi ministrada pela cofundadora e diretora de Formação da Mahin, Ellen da Silva, e teve envolvimento de diversas secretarias, representadas diretamente pelos titulares das pastas.

A programação abordou o debate sobre racismo estrutural sob uma perspectiva histórica, com dados para a contextualização sobre como ele se apresenta atualmente. Durante o workshop, também foi realizado um aprofundamento histórico, considerando as raízes da desigualdade racial e sua continuidade em âmbito estadual e nacional.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Ministério da Saúde monitora novas variantes e reforça a vacinação contra a Covid-19 no Brasil
Caminhoneiro foragido da Justiça é preso em Garibaldi, na Serra Gaúcha
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play