Domingo, 19 de maio de 2024

“Vazamentos continuam aos montes”, diz advogado de Bolsonaro após divulgação do indiciamento do ex-presidente pela Polícia Federal

Advogado do ex-presidente Jair Bolsonaro, Fabio Wajngarten criticou, na manhã desta terça-feira (19), a divulgação do indiciamento do seu cliente por suposta fraude no cartão vacinal contra a Covid-19.

“Vazamentos continuam aos montes, ou melhor, aos litros. É lamentável quando a autoridade usa a imprensa para comunicar ato formal que, logicamente, deveria ter revestimento técnico e procedimental ao invés de midiático e parcial”, afirmou Wajngarten.

A declaração foi dada após a imprensa noticiar o indiciamento de Bolsonaro, do seu ex-ajudante de ordens, o tenente-coronel Mauro Cid, do deputado federal Gutemberg Reis (MDB-RJ), e de mais 14 pessoas.

Eles foram indiciados por associação criminosa e inserção de dados falsos em sistema público na investigação que apura um grupo que teria feito registros falsos de doses de imunizantes contra a Covid-19 no sistema do Ministério da Saúde para diversas pessoas.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Polícia Federal indicia Bolsonaro e Mauro Cid por suposta fraude em cartão de vacinação contra a Covid-19
Saiba quais são os crimes que a Polícia Federal atribui a Bolsonaro e as possíveis penas
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play