Polícia apreende drones que seriam utilizados para entregas em presídios

Durante madrugada da última quarta-feira (25), uma ofensiva da Polícia Civil Gaúcha deu um prejuízo de mais de meio milhão de reais para uma facção criminosa da região metropolitana. Em uma casa, em Eldorado do Sul, os agentes encontraram drogas, um fuzil e dois drones, utilizados para entregar as encomendas em casas prisionais.

Dentre os objetos encontrados estavam dois drones estimados em 46 mil reais cada um, equipados e preparados para entregar drogas e celulares em presídios gaúchos. Além disso, foi encontrado um fuzil calibre 556, equipado com laser e mira telescópica de grande alcance, com potência para perfurar até coletes a prova de balas e viaturas. Outros objetos, utilizados para crimes também estavam na residência, e foram encaminhados à delegacia regional, na cidade de canoas.

Também foram apreendidos 34 celulares embalados dentro de plástico bolha, para amenizar a queda. Além disso, os policias encontraram uma grande quantidade de crack, maconha, cocaína e skank embaladas em sacos à vácuo.

O Delegado Rodrigo Caldas, responsável pelo caso, explicou para quer serviriam os equipamentos: “Nós apuramos que a finalidade desses drones seriam não só o monitoramento de facções criminosas rivais, para monitorar o presídio e para realizar entrega de drogas e aparelhos nesses presídios”.

Uma mulher foi presa no local. Ela alegou que teria sido coagida por criminosos, e a polícia investiga esta hipótese. O diretor de polícia da região afirma que esta apreensão foi um grande desfalque financeiro para a facção criminosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *