Uma operação nacional de combate ao tráfico de drogas em escolas prendeu 745 pessoas. Cinquenta e sete prisões ocorreram no Rio Grande do Sul

As Polícias Civis de todos os Estados brasileiros e do Distrito Federal deflagraram na terça-feira (13), de forma conjunta e integrada, a Operação Anjos da Lei para combater o tráfico de drogas perto e dentro de escolas. Setecentas e quarenta e cinco pessoas foram presas em todo o País, sendo 57 no Rio Grande do Sul.

Desse total, 18 foragidos foram recapturados, 279 pessoas presas em flagrante por tráfico de drogas e outros crimes, 326 pessoas presas por mandados expedidos e 122 adolescentes foram apreendidos. As ações aconteceram por meio de cumprimento de ordens de prisão, mandados de busca e apreensão, ações de rua com apuração de denúncias e eventuais prisões em flagrante.

Durante a ação, 394 armas foram apreendidas. Com relação às drogas apreendidas, estão 732 quilos de maconha, 36 quilos de cocaína e 3,4 quilos de crack. Mais de 5,27 mil policiais participaram da operação, cumprindo 373 mandados de prisão e apreensão de adolescentes e 453 mandados de busca e apreensão, totalizando 826 ordens judiciais.

“O nome Operação Anjos da Lei é referência ao filme de policiais que se infiltram em instituições de ensino e também à proteção às crianças que são anjos que merecem ser protegidos pela Lei”, afirmou a Polícia Civil.

Na Operação Anjos da Lei, de acordo com o delegado Emerson Wendt, as Polícias Civis fazem uso de recursos tecnológicos disponíveis nas instituições que proporcionam agilidade tanto para o serviço de inteligência policial quanto de investigação criminal, com a finalidade de efetuar a prisão de indivíduos responsáveis pelo tráfico de drogas na proximidade de escolas ou em seu interior.

Os números no RS

Do tal de 57 pessoas prisões efetuadas no Rio Grande do Sul, um foragido foi capturado, 37 pessoas foram presas em flagrante por tráfico de drogas e outros crimes, 11 foram presas por mandado e oito adolescentes foram apreendidos. Durante a ação, 15 armas de fogo foram apreendidas no Estado, além de pouco mais de dois quilos de cocaína e 733 gramas de maconha.

No RS, a Polícia Civil participou da Operação Anjos da Lei por meio do Departamento de Polícia do Interior, Departamento de Polícia Metropolitana e Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico, empregando um efetivo de 635 policiais civis e fiscalizando 17 escolas no Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *