Sábado, 27 de novembro de 2021

Áustria confina toda a população e torna a vacina contra o coronavírus obrigatória

A população da Áustria, incluindo as pessoas já vacinadas contra a Covid-19, terá que respeitar um confinamento a partir de segunda-feira (22) devido ao aumento de casos de coronavírus no país, anunciou o chanceler Alexander Schallenberg nesta sexta-feira (19).

A medida terá validade inicial de dez dias. Após uma reunião com as autoridades regionais, Schallenberg afirmou ainda que a vacinação contra o coronavírus será obrigatória na Áustria a partir de 1º de fevereiro de 2022.

“Ninguém quer um lockdown, um lockdown é um último recurso, um instrumento agressivo, é sempre uma imposição, mas é o instrumento mais confiável que temos para impedir essa quarta onda”, disse o ministro da Saúde, Wolfgang Mückstein.

Desde segunda-feira (15), os austríacos não vacinados já não podem sair de casa, exceto para fazer compras, praticar esportes e receber atendimento médico.

Dos 8,9 milhões de habitantes da Áustria, 66% estão totalmente vacinados, um percentual ligeiramente inferior à média europeia, apesar de o país ter adotado o passaporte sanitário no segundo trimestre.

As recentes medidas adotadas pelo governo já tiveram um efeito positivo, com o aumento do número de pessoas que buscaram a imunização. Ainda assim, a quantidade de casos de Covid-19 continua crescendo, com 15 mil novas infecções nas últimas 24 horas.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de coronavírus

Seis criminosos são presos durante operação para combater assaltos a bancos no Rio Grande do Sul
Em viagem pela Europa, Lula se reúne com o primeiro-ministro da Espanha
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play