Segunda-feira, 17 de junho de 2024

Avião com donativos e mais de 60 voluntários vindos de Portugal chega ao RS

Um avião vindo de Portugal com donativos e dezenas de voluntários pousou na tarde desse sábado (18) na Base Aérea de Canoas (RS), que tem servido como centro de operações para a chegada de ajuda para vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul.

Segundo a Agência Brasileira de Cooperação (ABC) do Ministério das Relações Exteriores, o avião trouxe a bordo 300 kg de donativos e 61 voluntários para ajudar “nas ações emergenciais de enfrentamento às inundações”.

A ajuda acabou chegando ao Brasil em um voo da Latam Airlines.

Na semana passada, cerca de 200 toneladas de donativos para as vítimas das enchentes arrecadadas pela comunidade brasileira em Portugal e portugueses estavam paradas em galpões em Lisboa e no Porto, sem previsão de envio ao Brasil.

Na ocasião, a Força Aérea Brasileira considerava “contraproducente” deslocar uma aeronave para Portugal com essa missão.

O cálculo era de que seriam necessárias cerca de 35 horas para o transporte, tempo em que a FAB poderia transportar internamente entre bases aéreas no Brasil oito vezes o volume que transportaria indo até Portugal.

De acordo com as fontes diplomáticas, neste primeiro carregamento foi dada prioridade ao envio de roupas de inverno, como casacos, edredons e cobertores, devido as baixas temperaturas registradas no sul do Brasil.

Além disso, a embaixada se comprometeu, em parceria com as autoridades portuguesas, com a numerosa comunidade brasileira e com a sociedade civil local, a apoiar os esforços do Governo Federal para o transporte da totalidade da ajuda humanitária arrecadada em território português ao Brasil, nos próximos dias, pelas vias aéres e marítimas.

Notícias falsas

A comunidade brasileira em Portugal e portugueses arrecadaram mais de 200 toneladas de doações para ajudar a população atingida pelos temporais no RS e muita desinformação foi disseminada com mentiras sobre o esforço do governo brasileiro para ajudar a população gaúcha. Diferentemente do que alegado nesses conteúdos falsos, não houve recusa por parte do Governo Federal de doações advindas de Portugal para o RS.

A Agência Brasileira de Cooperação (ABC) e o Ministério de Portos e Aeroportos (MPor) articulou com a Força Aérea Portuguesa um plano logístico para dar conta do transporte desses materiais.

Enquanto isso, a embaixada brasileira em Lisboa e os consulados brasileiros de Porto e Faro realizaram a triagem dos donativos – etapa necessária a fim de separar itens por categorias (roupas, alimentos, equipamentos, medicamentos etc), bem como para conferir a validade de eventuais itens perecíveis.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Fake news viram arma política na tragédia climática do RS
130 delinquentes foram presos por causa de saques e roubos em Porto Alegre e Região Metropolitana com as enchentes
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play