Sábado, 13 de abril de 2024

Governo avalia estender permanência de embaixador brasileiro de Israel no Brasil

O governo brasileiro avalia estender a permanência, por tempo indeterminado, do embaixador de Brasil em Israel, Frederico Meyer, até que a relação entre os dois países melhore.

Meyer chegou ao Brasil há uma semana mas ainda não conversou com o presidente Lula e teve um breve encontro no Rio de Janeiro com o ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira.

No entanto, ainda não trataram do motivo que levou o Brasil a convocá-lo: a reprimenda que ele tomou do ministro das Relações Exteriores de Israel no Museu do Holocausto, em Jerusalém, na segunda-feira (19).

Portanto, o Brasil está sem embaixador em Israel há mais de uma semana e, segundo fontes da diplomacia brasileira, não há previsão de que ele retorne no curto prazo. Tampouco há previsão do encontro do embaixador com Lula e Vieira. Amanutenção dos ataques de Israel a Lula fortalece a ideia de não haver pressa para que a conversa ocorra.

Nesta quarta-feira (28), o ministro das Relações Exteriores de Israel, Israel Katz, voltou a criticar Lula.

Ele disse: “Lula, você disse que a guerra justa de Israel contra o Hamas em Gaza é igual ao que Hitler e os nazistas fizeram com os judeus, e ofendeu a memória de 6 milhões de judeus assassinados no Holocausto. Não vamos esquecer, nem perdoar. Envergonhe-se e peça desculpas!”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Após perder filho, suspeita sequestra bebê de mulher em situação de rua
Lula se reunirá com presidente da Guiana para tratar de crise diplomática com a Venezuela
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play