Sábado, 02 de março de 2024

Senado deve adiar por ao menos uma semana a votação do novo arcabouço fiscal

O Senado deve adiar a análise do projeto de lei que institui um novo arcabouço fiscal para o País. A votação estava prevista para a semana de 12 de junho, mas líderes das principais bancadas dizem que ela pode ser adiada para a semana de 19 de junho ou para a seguinte.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), ainda trabalha com a possibilidade de poder votar o texto no plenário da Casa nos próximos dias, de acordo com alguns de seus aliados, mas a chance é baixa, segundo os líderes.

A Comissão de Assuntos Econômicos, que fará a análise do projeto antes de o texto seguir para o plenário, já tem sessões marcadas para os dias 13 e 14, mas a proposta do novo regime fiscal não consta na pauta de nenhuma delas.

Após a análise na comissão, o texto seguirá direto para o plenário do Senado.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Ministro Gilmar Mendes libera o julgamento da decisão que permitiu o pagamento do piso nacional da enfermagem
Tribunal Regional Federal em Porto Alegre decide que união estável firmada após prisão não dá direito ao auxílio-reclusão
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play