Domingo, 21 de julho de 2024

Vereadores de Porto Alegre aprovam projeto para financiamento de novo hospital infantil municipal

A Câmara de Vereadores de Porto Alegre aprovou nessa segunda-feira (24) o projeto de lei que autoriza a prefeitura a contratar empréstimo de R$ 300 milhões do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) para construção do novo Hospital Materno Infantil Presidente Vargas. A instituição municipal será transferida de sua sede na rua Garibaldi (bairro Independência) para a avenida Erico Verissimo (entre Cidade Baixa e Menino Deus).

O projeto para a edificação do hospital prevê um aumento significativo na complexidade da estrutura, ampliando a área em 97% para um total de 33 mil metros quadrados. O local escolhido para a nova instalação é um terreno municipal localizado próximo à Praça Garibaldi e que era utilizado pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC).

Além do aumento de leitos (que passarão de 188 para 216), o projeto prevê a instalação de uma rede de apoio ao diagnóstico, com duas portas de entrada. A nova estrutura será equipada com mobiliário e equipamentos novos, a fim de garantir um atendimento de qualidade, exclusivamente por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

Com um investimento previsto de R$ 605 milhões, a iniciativa também tem por objetivo ampliar a eficiência e reduzir os custos de manutenção predial corretiva com as novas instalações. Deve, ainda, proporcionar melhores condições de trabalho aos servidores, aspecto que tende a impactar positivamente a qualidade do atendimento aos pacientes.

Estudos, projetos e modelagem econômico-financeira do futuro hospital já estão disponíveis para consulta e audiência públicas. O próximo passo é a análise e aprovação pelo Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul (TCE-RS), devido ao formato de Parceria Público-Privada (PPP) para os serviços não assistenciais.

Com a palavra…

“São recursos muito bem-vindos para qualificar e oferecer serviços mais eficientes nesta instituição que é referência a mulheres e crianças na cidade”, frisou o prefeito Sebastião Melo ao defender a importância do financiamento. “Agradecemos a quem investe e trabalha em conjunto com o poder público para melhorar a rede de saúde.”

Já o titular da Secretaria de Planejamento e Assuntos Estratégicos, Cezar Schirmer, avalia que a aprovação da linha de crédito possibilitará um ganho substancial à população: “Trata-se de um marco na evolução dos serviços de saúde da cidade, promovendo modernização, qualidade e compromisso inegáveis com o bem-estar da população”.

“Essa parceria é um grande passo para que Porto Alegre tenha um hospital 100% SUS voltado para mulheres, mães e crianças que merecem atendimento de qualidade, em um espaço que será todo equipado, qualificando também o trabalho de toda equipe do hospital”, ressalta a secretária de Parcerias, Ana Pellini.

Conforme o secretário municipal de Saúde, Fernando Ritter, o complexo cuidará da saúde materna, infantil, psiquiátrica, cirúrgica e oncológica: “Será oferecido aos pacientes uma maior complexidade de atendimentos, com o uso de alta tecnologia e promoção do acesso a serviços mais qualificados e eficazes”.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

A cidade gaúcha de São Borja receberá entreposto da Zona Franca de Manaus
Ações de cobrança de contas de luz estão suspensas por até 90 dias no RS
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play