Quarta-feira, 22 de maio de 2024

Antecipação do 13º salário de aposentados e pensionistas do INSS gera expectativa de aumento das vendas no comércio gaúcho

Repetindo medida tomada desde 2020, neste ano o governo federal volta a antecipar o 13º salário dos aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), cujo pagamento acontecerá, em duas parcelas, nas folhas referentes a abril (no período entre 24/04 e 08/05) e maio (entre 24/05 e 07/06).

Desta forma, cerca de 2,3 milhões de gaúchos que são beneficiários do INSS terão recursos extras substanciais disponibilizados em seu orçamento, o que deve injetar na economia do Rio Grande do Sul algo em torno de 5,6 bilhões, da soma das duas parcelas. Isso representa a possibilidade de incremento das vendas do comércio estadual, especialmente nos meses de maio e junho.

O presidente da FCDL-RS (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul), Vitor Augusto Koch, ressalta que boa parte do 13o salário, algo em torno de 60%, é utilizada pelos beneficiários do INSS para o consumo e o restante aplicado no pagamento de dívidas e recuperação de crédito.

“Esse reforço no orçamento dos aposentados e pensionistas do INSS chega em bom momento. Com a proximidade do inverno, as vendas de vestuário, calçados e acessórios devem crescer, uma vez que a troca de estação leva as pessoas a buscarem a renovação de seus guarda-roupas. Outros artigos que ajudam a amenizar as temperaturas mais baixas também devem ter boa procura. Nesse sentido, a expectativa é positiva”, avalia Vitor Augusto Koch.

O dirigente destaca, ainda, que o ingresso de recursos extras no orçamento familiar das pessoas se reflete, tradicionalmente, em incremento das vendas pelo comércio e a resolução de pendências financeiras.

“É um impulso que os consumidores beneficiários do INSS ganham. Conseguem resgatar o acesso ao crédito, ampliando seu poder de compra. Importante, então, que os lojistas estejam preparados para prestar o melhor atendimento possível a esse público que irá às compras”,  enfatiza o presidente da FCDL-RS.

Atenção, cordialidade, preços diferenciados e condições facilitadas de pagamento são algumas dicas da FCDL-RS para despertar o interesse e fidelizar esses clientes.

Os aposentados, devem planejar a melhor estratégia para utilizarem os recursos oriundos da antecipação do 13º salário, seja renegociando dívidas ou efetuando novas compras. A principal delas é observar sua capacidade de pagamento mensal, para não criar débitos que não podem ser quitados futuramente. E, lembrar que com esta antecipação, o pagamento no final do ano não será efetuado.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Ministro da Fazenda descarta aumento a servidores neste ano: “Orçamento de 2024 está fechado”
Prova de vida on-line no Departamento Municipal de Previdência dos Servidores Públicos de Porto Alegre completa um ano
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play