Quarta-feira, 01 de dezembro de 2021

Polícia Federal vai investigar ameaças a diretores da Anvisa

A Superintendência da Polícia Federal em Brasília decidiu investigar as ameaças sofridas por diretores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O pedido de abertura de inquérito já está sendo formalizado e ocorre uma semana após, nos bastidores, diretores tem relatado insegurança com as ameaças.

Em entrevista, o diretor-presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, disse que pediu à Polícia Federal proteção para os diretores.

Desde a semana passada, diretores relataram duas ameaças por causa das discussões sobre vacinação de crianças com o imunizante da Pfizer.

Na última sexta (29), a Anvisa revelou que os cinco integrantes da diretoria do órgão foram ameaçados por e-mail.

As intimidações exigiam que o pedido de uso da vacina contra Covid em crianças, a ser feito pela Pfizer, não seja aprovado.

Uma segunda ameaça foi enviada cerca de 24 horas após a primeira tentativa de intimidação. Desta vez, foi destinada a todos os servidores, não somente à diretoria – o que inclui funcionários terceirizados e seus familiares.

Fontes confirmaram que os investigadores já tinham o nome e o CPF do autor da primeira ameaça e não deram retorno à agência sobre as apurações, o que gerou insegurança interna.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Integrante de organização criminosa do Ceará que aplicava golpe em postos de gasolina é preso em Porto Alegre
Brasil não espera Mercosul e reduz em 10% tarifas de importação para fora do bloco
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play